Subscribe

RSS Feed (xml)

Powered By

Skin Design:
Free Blogger Skins

Powered by Blogger

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Salvação! O que cresce em você mesmo que não esteja excitado

"Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte." Tiago 1.14-15

Aquilo que damos mais valor, é o que ganha prioridade em nossas vidas.

Quando olhamos só para os defeitos de uma pessoa, esses defeitos crescem tanto no conceito que adotamos dela, que as qualidades praticamente somem.

Quando eu só olho para o que minha mulher não faz, para o que ela não tem ou para o que ela não é, tudo o que ela faz, o que ela tem e principalmente o que ela é acaba sendo anulado dentro de mim.

Esse jogo é tão perigoso que leva a um segundo nível, onde as coisas pioram ainda mais. É o nível da comparação. É quando olhamos para a secretária, a companheira de trabalho, a amiga de faculdade e para a amiga da esposa e começamos a procurar nelas o que nossa mulher não faz, não tem ou não é. É nessa situação que o casamento já está quase moribundo, pelo menos para o homem, porque geralmente a mulher é mais paciente e tende a esperar e tentar mudar a situação por mais tempo.

É neste segundo nível que a coisa é inversamente proporcional, ao olharmos para outras mulheres valorizamos tanto o cabelo, os olhos, a bunda, os peitos, que não vemos o que elas não fazem, não têm e não são, e criamos a Mulher Franking Stain (aconselho a leitura do artigo do Marcos Botelho).


É por isso que precisamos cuidar onde colocamos nossos olhos e como olhamos para as pessoas que amamos, para não cometermos o erro de perdê-las para nossos próprios pré-conceitos.

SALVAÇÃO?? - Se você já entrou nessa de supervalorizar os defeitos de sua mulher, o único caminho de volta é supervalorizar as qualidades dela, você vai ver essas qualidades crescer tanto que os defeitos vão praticamente desaparecer, e também vai conseguir administrar os conflitos sem a idéia "maluca" de separação.

Pense nisso, e não só pense, tome uma atitude, aja!

Que Deus mostre sua bondade para contigo, e te conceda graça! (Nm 6.25)

Edu Dantas

2 comentários:

  1. Grande Dantas... Boa mensagem meu velho. Muito dez. Só a foto que voçe ousou um pouquinho, eheh. Gosto muito do livro de Tiago. Valeu... continue escrevendo meu velho !

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário Carlinhos, a intenção da foto é esta mesmo, para ver se pela foto alguém lê o texto... Na internet as pessoas só leem o que as atrai muito (brasileiro não gosta muito de ler)...

    Grande Abraço

    ResponderExcluir